25 de julho de 2023

Depressão no trabalho: como prevenir e combater

Depressão no trabalho: reconheça os sinais, saiba quais são os impactos e aprenda a promover um ambiente de trabalho saudável.
depressão no trabalho
Depressão no trabalho: reconheça os sinais, saiba quais são os impactos e aprenda a promover um ambiente de trabalho saudável.
Tempo de leitura: 5 minutos

Depressão — essa é uma palavra muito falada nos últimos anos, certo? Principalmente com o aumento dos casos dessa doença em todo o mundo. O que nos leva a falar da doença no ambiente profissional. Como podemos combater e prevenir a depressão no trabalho?

Nosso país detém o quinto lugar no ranking mundial de pacientes acometidos — é natural que o assunto se torne uma pauta mais relevante.

O que poucos falam, no entanto, é sobre a depressão no trabalho.

Afinal, o ambiente profissional também é um possível catalisador desses sentimentos e pode contribuir para o desenvolvimento de patologias variadas, inclusive as de cunho psicológico.

Continue a leitura para ter mais informações sobre a depressão no trabalho! Ao longo da nossa conversa, você descobrirá o que é esse problema, como ele se manifesta e quais são as formas de lidar com a situação. Vamos lá!

O que é depressão?

Depressão é o nome dado a um transtorno mental de altíssima prevalência em nossa sociedade. 

Esse nome ocorre graças à queda (depressão) do humor nos pacientes afetados, trazendo um sentimento constante de tristeza e desesperança.

Vários pontos da saúde podem ser afetados pela depressão, que deve ser tratada como um assunto sério em todas as esferas sociais. Incluindo o ambiente de trabalho. 

Afinal, a incidência do problema tem aumentado, em um fenômeno que é visto por alguns especialistas como uma pandemia.

Quais são os impactos da depressão no trabalho?

Questões como o desempenho dos colaboradores no trabalho, a produtividade geral da equipe e os resultados da empresa podem ser afetados por conta dos casos de depressão.

Algumas das formas como isso de manifesta são:

  • Redução na energia dos colaboradores, fazendo com que o dia seja menos produtivo para toda a equipe;
  • Falta de atenção aos detalhes e dificuldade em resolver problemas;
  • Absenteísmo e atrasos frequentes, por conta da dificuldade em acordar e enfrentar o dia de trabalho;
  • Problemas nas relações interpessoais no trabalho, gerando isolamento, perda do interesse em participar de atividades de equipe e outras questões;
  • Falta de confiança, já que a depressão pode minar a autoestima de uma pessoa e levar a sentimentos de inadequação e insegurança no trabalho.

Como a depressão no trabalho pode surgir?

A depressão no trabalho pode surgir de várias maneiras e é influenciada por uma combinação de fatores. Conheça alguns deles a seguir:

  • Ambientes de trabalho estressantes;
  • Excesso de carga de trabalho;
  • Prazos apertados;
  • Pressão constante;
  • Falta de apoio;
  • Ausência de relações saudáveis entre os colegas;
  • Clima organizacional tóxico e competitivo;
  • Conflitos interpessoais com outros colaboradores;
  • Falta de equilíbrio entre trabalho e vida pessoal;
  • Insegurança com o trabalho, como o medo de perder o emprego;
  • Falta de transparência da empresa sobre questões como cortes, feedbacks e outros;
  • Eventos traumáticos no ambiente de trabalho, como assédio e perseguição.

10 sintomas de depressão no trabalho para identificar

Agora, como identificar os sintomas de depressão no trabalho? Confira alguns sinais que podem ser indicativos desse problema!

1. Queda na produtividade

Uma pessoa com depressão pode ter dificuldade em concluir tarefas, cumprir prazos ou manter um nível adequado de desempenho no trabalho.

2. Ausências frequentes

Outro sinal clássico da depressão é a presença de faltas com uma frequência maior do que o normal.

3. Atrasos regulares

Além de faltar ao trabalho, a pessoa pode chegar atrasada com frequência ou demorar mais para iniciar suas atividades.

4. Falta de concentração

A depressão pode afetar a capacidade de concentração e atenção, tornando difícil para a pessoa manter o foco. Assim, há mais deslizes, erros e inadequações no serviço prestado.

5. Desinteresse e falta de motivação

Falta de entusiasmo, de interesse em projetos ou falta de motivação para alcançar metas também podem ser um sinal de depressão.

6. Mudanças de humor frequentes

Pessoas com depressão podem apresentar alterações de humor significativas, como irritabilidade, tristeza excessiva ou apatia.

7. Isolamento social

Indivíduos com depressão podem se afastar de colegas de trabalho, evitar interações sociais e se isolar.

8. Baixa autoestima

Pouca confiança e redução na capacidade de assumir novos desafios no trabalho são indicativos de que o colaborador pode estar passando por um quadro de depressão.

9. Fadiga constante

A depressão pode causar fadiga intensa e persistente, mesmo após uma noite de sono adequada. Isso pode resultar em falta de energia e desempenho reduzido no trabalho.

10. Aumento de queixas físicas

Pessoas com depressão podem relatar mais dores de cabeça, dores musculares, problemas gastrointestinais ou outras queixas físicas sem causa aparente.

Como lidar com a depressão no trabalho?

Em primeiro lugar, é fundamental que as lideranças estejam ligadas em sua equipe, percebendo as mudanças comportamentais individuais e coletivas.

Assim, é possível identificar alterações e possíveis casos de depressão no trabalho que devem passar por intervenções.

Além disso, crie uma política de saúde mental clara e objetiva no ambiente de trabalho.

O desenvolvimento de um espaço seguro para que as pessoas possam falar sobre os seus problemas, assim como palestras e o fornecimento de informações sobre o tema, é imprescindível.

Por fim, não se esqueça de estabelecer também políticas que previnam essas questões, como a redução da carga de trabalho individual, a extinção da busca por metas inatingíveis e a fomentação da competição entre as equipes.

Um ambiente de trabalho saudável e agradável faz com que todos se sintam mais confortáveis e seguros, além de reduzir a incidência de problemas com a depressão nesse espaço.

9 dicas para o colaborador

É um colaborador? Trabalha no RH e gostaria de passar dicas mais assertivas para sua equipe? Confira, então, algumas atitudes que podem ser tomadas pelos colaboradores neste momento:

  1. Consulte um profissional de saúde mental, como um psicólogo ou psiquiatra, para obter um diagnóstico adequado;
  2. Considere conversar com seu empregador ou supervisor de maneira confidencial sobre sua situação;
  3. Identifique as fontes de estresse no trabalho e faça o possível para minimizá-las;
  4. Estabeleça uma rotina de autocuidado, dedicando um tempo para incluir atividades como hobbies e atividades físicas;
  5. Compartilhe seus sentimentos e experiências com pessoas de confiança;
  6. Aprenda técnicas de relaxamento, como respiração profunda, meditação ou ioga;
  7. Divida as tarefas em metas menores e alcançáveis;
  8. Procure interagir com colegas de trabalho e participar de atividades sociais no trabalho;
  9. Busque informações sobre as políticas e leis relacionadas à saúde mental no ambiente de trabalho.

Entenda o papel do RH no combate da depressão no trabalho

O RH desempenha um papel importante no combate à depressão no trabalho, tanto na prevenção quanto no apoio aos funcionários que estão enfrentando essa condição.

Aqui estão algumas formas pelas quais o RH pode contribuir:

  • Oferta de treinamento e conscientização sobre saúde mental;
  • Implementação de políticas e práticas que promovam um ambiente de trabalho saudável;
  • Desenvolvimento de programas de bem-estar;
  • Orientação para os colaboradores, ajudando-os a entender seus direitos e buscar ajuda profissional;
  • Mudança na cultura organizacional;
  • Criação de um ambiente em que os funcionários se sintam seguros para falar sobre questões de saúde mental, entre outros.

Como podemos ver, a depressão no trabalho é um assunto sério, que deve ser abordado tanto pelas lideranças quanto pelos responsáveis da área de Recursos Humanos. 

Mudanças internas são fundamentais para prevenir a doença e evitar consequências graves à saúde dos colaboradores.

Aproveite e baixe gratuitamente nosso e-book sobre ‘BURNOUT’, para aprender a lidar com dificuldades relacionadas à pressão no trabalho e ao bem-estar e saúde dos profissionais.

burnout ebook

Compartilhe:

ARTIGOS relacionados que podem te

interessar

23 de janeiro de 2024
A Inteligência Artificial possui impactos profundos no ambiente profissional. Entenda como ela pode ser aplicada na sua empresa e se destaque no mercado!
9 de janeiro de 2024
O desvio de dinheiro no trabalho é um crime e pode causar grandes prejuízos à empresa. Aprenda a identificar, tratar e evitar esse problema!
26 de dezembro de 2023
O vazamento de informações confidenciais pode causar grandes danos para a empresa. Aprenda estratégias para se proteger e evitar que isso aconteça!

IPRC BRASIL

interesse em cursos das

TRILHAS

interesse em cursos

in company

interesse em

treinamentos

interesse em

palestras